Publicado por : Beton segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O computador all-in-one da Positivo chegará ao mercado com tela de 21,5 polegadas sensível ao toque. Será que o investimento é válido?


Ainda não existe uma data definida para o lançamento oficial do Positivo Union Touch no mercado brasileiro, mas é bem provável que isso aconteça até o final deste ano. O aparelho é um computador all-in-one, que conta com alguns recursos bem interessantes e que não fazem parte de todos os equipamentos do mesmo segmento. Isso inclui a presença de uma bateria e da tela sensível ao toque. E é esta tela que dá nome ao computador Positivo Union Touch. Com 21,5 polegadas e reconhecendo vários toques ao mesmo tempo, ela consegue fazer com que a máquina se transforme em um grande tablet em alguns momentos. A Positivo sugere que o aparelho chegue ao mercado por R$ 2.999, mas será que esse valor é válido? Vamos descobrir juntos nesta análise que fizemos do Positivo Union Touch.

Design Aprovado
Com o P3250, a Positivo Informática mostra que está criando computadores bem bonitos, pois sabe que o mercado não quer apenas desempenho. O all-in-one possui traços bem mais interessantes do que os presentes nas versões anteriores do Union, conseguindo mesclar estilo com versatilidade — pois ele pode ser instalado em mesas de diferentes tamanhos.


A presença de um suporte integrado também facilita a instalação dele. Móvel, esse suporte ainda garante que os consumidores deixem o computador em diferentes angulações. O fácil acesso às portas USB e aos recursos adicionais (como drives de leitura óptica e leitor de cartões) também merece elogios.

Tela
 É impossível não prestar atenção na tela de 21,5 polegadas que faz parte do Positivo Union Touch. Isso vale tanto pelo tamanho com que ela se apresenta quanto pela qualidade das imagens mostradas para os consumidores. A Positivo investiu em qualidade para este componente e merece vários elogios no quesito. Além das altas resoluções oferecidas, também há outros pontos que ganham destaque.A tela presente no Positivo Union Touch apresenta ótima qualidade de brilho e contraste, o que facilita bastante a visualização dos conteúdos que estão sendo mostrados. Isso também praticamente anula a presença de pequenas manchas de gordura que podem ficar na tela, uma vez que os consumidores podem utilizar o equipamento com toques. E em relação aos toques também há alguns elogios.


Mesmo com as 21,5 polegadas do Positivo Union Touch, os comandos são muito bem compreendidos pela tela. A sensibilidade dele é mesmo excelente e não deixa nada a desejar para tablets e smartphones mais avançados — mesmo não competindo diretamente com eles. Há apenas um problema na tela sensível ao toque. Como estamos falando de um computador que fica sempre na vertical — ao contrário de tablets, que podem ser manuseados com mais facilidade —, há vários momentos em que a utilização dos recursos por toque em tela fica difícil de ser executada.

Hardware eficiente
Quem optar por comprar um Positivo Union Touch poderá desempenhar uma grande quantidade de tarefas com qualidade. Isso inclui a execução de softwares pesados e recursos multimídia com rapidez e sem travamentos. O mérito disso está logo atrás da tela de 21,5 polegadas do aparelho, pois estamos falando dos componentes internos do hardware.


O Positivo Union Touch oferece processador Intel Core i3 3110M — que conta com 2,4 GHz de clock de processamento e GPU integrada HD Graphics 4000 —, o que pode sanar boa parte das necessidades dos consumidores. Com exceção de jogos mais pesados, dificilmente há algum software que não poderá ser executado pelo computador all-in-one da Positivo Informática. Além disso, há 4 GB de memória RAM para que mais funções possam ser executadas simultaneamente e a memória de armazenamento chega aos 500 GB. Como já dissemos, isso é muito bom para diversos perfis de utilização. A exceção fica apenas para os usuários que gostam dos games mais pesados que podem ser encontrados no mercado — o benchmark do game Resident Evil 5 mostrou resultados ruins, com cerca de 14 FPS.

Recursos adicionais
Pode-se dizer que o Positivo Union Touch é um computador voltado para quem precisa de funções multimídia. Com bons recursos de hardware e tela de alto desempenho, ele consegue executar vídeos em alta resolução (1080p) com total qualidade — vale dizer que a reprodução de vídeos é menos exigente do que a de jogos, pois não exige cálculos em tempo real dos recursos gráficos.


Além da qualidade na reprodução de filmes, também há a presença de leitores de cartões, o que permite a exibição de fotografias e outros conteúdos com mais velocidade e facilidade. A webcam integrada é de boa qualidade e mostra bons resultados na saída dos arquivos — apesar de parecer apresentar pouca qualidade quando as imagens são mostradas na tela de 21,5 polegadas. Com jogos criados para interfaces sensíveis ao toque, o Positivo Union Touch também pode ser um bom modo de se divertir. O computador é distribuído com o jogo Cut the Rope e nele é possível perceber que o all-in-one realmente oferece qualidade em multimídia e entretenimento. A única ressalva fica para o áudio, mas isso será mostrado mais à frente.

Reprovado: Falsa sensação de portabilidade
Ele possui 21,5 polegadas e é muito pesado para ser carregado como um computador portátil. Isso não chegaria a ser um problema, mas o Positivo Union Touch apresenta uma alça traseira que é responsável justamente pelo transporte do aparelho. Além disso, ainda é preciso dizer que o computador possui uma bateria integrada, que pode dar até duas horas de autonomia.


E essa portabilidade é realmente um problema sério para os consumidores. A sensação de que é possível transportá-lo durante a utilização pode causar sérios danos por causa de pequenos impactos — tanto na tela quanto no próprio hardware, uma vez que choques podem causar erros irreparáveis no disco rígido.

Ausência de botões físicos
Utilizar o Positivo Union Touch é muito fácil, mas há alguns momentos em que os usuários terão problemas para realizar algumas funções. Uma delas é o ajuste de brilho da tela, que precisa ser realizado pelo próprio Windows — o que impede a configuração durante a reprodução de um vídeo ou execução de um aplicativo em tela cheia.


A mesma falha pode ser vista no controle de volume: só é possível aumentar ou diminuir o nível sonoro pelo controle-padrão do Windows. Com isso, diversos aplicativos podem ser atrapalhados pela falta de um controlador externo. Outros botões físicos que fazem falta são os de ativação e desativação da tela, o que poderia gerar bastante economia de bateria nos momentos em que o Positivo Union Touch está desligado de fontes de alimentação.

Áudio fraco
Há momentos em que o Positivo Union Touch parece ser um intermediário entre notebook e desktop. Isso é visto pela portabilidade e pelo tamanho dele, em uma análise bem superficial. Mas existem alguns problemas bem sérios que são consequência disso, e um dos principais está no sistema de áudio presente no computador all-in-one. As caixas de som são fracas e parecem bastante com as presentes em notebooks — sem profundidade nos graves.


Com isso, o computador exige a utilização de caixas de som externas ou mesmo de fones de ouvido mais potentes para melhores resultados e também para o controle do volume — uma vez que, como já dissemos, não há a presença de botões físicos para facilitar a modificação dos níveis sonoros. Com isso, podemos dizer que o Positivo P3250 deixa muito a desejar no quesito “Áudio”.

Vale a pena?
Quem estiver pensando em comprar o Positivo Union Touch P3250 terá que desembolsar a quantia de
R$ 2.999 quando ele chegar ao mercado — o que deve acontecer no final deste ano. Por esse valor, os consumidores terão acesso a um equipamento com design interessante, tela poderosa e hardware eficiente, que consegue rodar muitos softwares com bastante qualidade. O valor não está muito acima do que seria gasto em um ultrabook com hardware similar — e ainda devemos pensar que o aparelho traz uma tela de 21,5 polegadas sensível ao toque. Mas existe um problema muito grave no Positivo Union Touch P3250 e ele precisa ser levado em consideração: a “falsa sensação de portabilidade” oferecida para os consumidores. Com bateria integrada e alça própria para o transporte, não é difícil que algum consumidor queira desfrutar dessa portabilidade, utilizando o aparelho em diversos lugares. Mas ele é pesado e sensível, fazendo com que alguns danos irreparáveis possam ocorrer durante a utilização.

Em resumo: o P3250 é um bom computador e isso é inegável. O grande empecilho está nos riscos que ele oferece a si mesmo — e que pode refletir diretamente no bolso dos consumidores. Somando isso ao fato de que a tela sensível ao toque é difícil de ser usada em computadores e também ao número limitado de funções desse tipo de tecnologia em PCs, podemos dizer que o preço ainda está acima do que se espera para o modelo.

Deixe sua opinião!

Assinar FEEDS! | COPIAR - (código)

- Copyright © Blog Intelly - Intelly Soluções Inteligentes